"E me mantive quieta e muda."

Aos meus queridos do colégio


Terça foi a nossa última aula. Depois do encerramento do ano letivo vem os festejos dos concludentes do CEPJO. Uma celebração religiosa simples, sem muitos convidados, e depois a aula da saudade. E que saudade... Meu peito já anda apertado por tamanha saudade que irei sentir daquele lugar e principalmente das pessoas que dali fazem parte.
É mãe, sua caçula cresceu e não diferente dos seus demais filhos ela concluiu o ensino médio do jeitinho que todos desejam, 3 anos, nem mais nem menos. Mais uma etapa cumprida: linda e nostálgica como tudo que é bom, marcante e que se vai em nossa vida.
Eu não li nenhuma mensagem, também não escrevi anteriormente pra vocês, mas queria muito agradecer. Não poderia sair dali sem colocar pra fora um pouco de tudo que passava na minha cabeça naquele momento. E o fiz. Dei algumas palavras, as mais sinceras. Agradeci ali aos meus professores pela dedicação de sempre e que as vezes
não foram merecidamente reconhecidos por nós alunos.
Eu fui demasiadamente feliz com vocês pais de ensino e irmãos de classe, vocês foram a minha segunda família. Tão bela, simples e verdadeira. O conhecimento ali era a intenção, mas não foi só conhecimentos específicos que conseguí assimilar, os conceitos básicos de vida foi o que mais aprendi: a forma no trato com as pessoas, o "ser" humano com o outro, respeito diante das diferenças. Talvez eu não lembre qual a fórmula para calcular a distância entre os corpos, o que é alcenos e alcinos, quando usar crase, o que causa a falta de vitaminas no organismo ou qual as principais leis criadas por Getúlio Vargas, talvez eu esqueça mesmo e terei que apelar a uma pesquisa. Mas eu nunca esquecerei dos ensinamentos de vida, as aulas do que é viver, ser feliz, valorizar o que temos e principalmente o correr atrás do que se quer, isso com certeza não esquecerei. Para essas matérias não foi cronometrado 50 minutos, muito pelo contrário, elas representavam muitas vezes os 10 minutos no término de alguma outra disciplina distinta. Disse no meu pequeno discurso e repetirei aqui: o colégio pra mim é como um cobertor quente em dia frio. E na minha história que escrevo desde sempre eu falarei com cuidado e muita felicidade que fui aluna do Colégio Estadual Professor João de Oliveira.


Vocês, amigos. Não vereis diariamente e por isso fico triste.
Os dias passarão lentamente na minha janela, esses sorrisos serão raros, os abraços terão dias marcados. Cada um irá buscar suas conquistas, e que elas venham, eu sei que virão.
Uns irão viajar para estudar, trabalhar... outros ficarão pra tentar algo aqui mesmo na nossa pequena e ex-pacata cidade. Eu, até que Deus decida ficarei aqui torcendo pela vitória de cada um. Um dia também vou sair para correr atrás dos meus objetivos, mas vou voltar, porque como Lula disse a gente tem que ajudar a nossa cidade. E isso faz parte de alguns dos meus objetivos. Quero sair porque todo mundo sonha em voar e aqui as asas não abrem. Quero crescer e ser forte para dar a minha família o melhor presente: "Eu consegui, sou feliz e estou aqui!".

Tchau galera!
Uooooou


Uma música que representa muito pra mim:



9 comentários:

Lázara disse...

Franci. Lá vai tu me fazer chorar outra vez né..hehe.!

li uma frase a qual representa essa fase pela qual estamos passando agora -> "Que sejamos amigos para sempre, pois resumir tudo o que se passou e que se viveu em um simples adeus não é possível."

Obrigado por tudo.. saudades sempre!

anderson disse...

parabéns francimare pelo comentário tudo que voce falou é verdade!!!!!!!

Marcel Hartmann disse...

Parabéns pela formatura! Não sei se vai acontecer contigo a mesma coisa, mas pra mim, até agora, não caiu a ficha, sabe? Parece que só quando eu entrar numa outra sala de aula que eu vou cair na real... Talvez seja um instinto de proteção ou qlqr coisa.

beijo

paloma disse...

Amiiiga , tá mt liiindo :D
mt foooda , saudadeees !

Priscila Rôde disse...

Dói né?
O coração fica apertado!
Lhe garanto que bons momentos virão - igual, ou melhor a esse. Guarde no coração o que mais te fez feliz.
Confesso que não sinto saudades, tenho boas recordações. rs

Boa sorte na sua nova caminhada e sucesso, muito sucesso!

D i c a disse...

Achei super interessante esse ritual, nunca soube que existia, nunca fui em um.
Essa galera de colégio faz uma falta danada, mas é bom manter contato, rever sempre que possível pra amizade não chegar ao fim.

Lindas palavras, Franci.

JÚLIA disse...

Fraanci ameeei .

CEPJO pra sempre .
Saudades enoormes.
Beijão .

Aglaeverton disse...

Palavras sábias e sinceras!

Parabéns Francii...

Professor Lourinaldo disse...

Parabéns Francimare por mais uma etapa vencida.
Estava procurando algo que tivesse uma relação com seu sucesso escolar e percebi que dos blogs poçoverdenses, o Jovem Gengibre é o que mais tem comentários, interação. Por que será?
Um grande abraço e sucesso, sempre!